História das chuteiras de futebol e sua evolução

0 Comments

[ad_1]

O futebol é um jogo que pode lhe dar arrepios. Todo admirador do futebol também tem um jogador favorito, o que faz valer a pena assistir ao jogo. Cada jogador coloca uma quantidade incontável de esforços no jogo e, como esses esforços são para fazer com que a equipe vença, todos devem ser praticados. Para praticar você precisa de chuteiras adequadas, pois elas se tornam uma das partes indispensáveis ​​desse processo. As chuteiras começaram a existir em 1500. Cornelius Johnson foi o primeiro fabricante de chuteiras que tentou fazê-las para o rei Henrique VIII no ano de 1525. Elas foram especialmente projetadas para manter o jogo à vista e o material era de couro, o que as tornava pesadas. Estes diferiam dos normais por serem na altura do tornozelo.

À medida que o jogo começou a evoluir no país, a demanda por futebol também começou a aumentar no século XIX. Os jogadores exigiram algo confortável e com um design amargo. Esta foi a época em que os comprimentos do tornozelo se tornaram menos populares e o tradicional ‘estilo de chinelo’ entrou na moda. Eles receberam então 6 tachas na parte inferior, feitas de material de couro e costumavam ficar pesadas durante as chuvas. Mas esse padrão foi aceito até 1900.

A indústria voltou a crescer após a Segunda Guerra Mundial, quando as viagens aéreas se tornaram proeminentes e os jogos internacionais começaram a ser realizados. Isso levou à alta demanda da fabricação para os membros da equipe. O foco mudou para fornecer aos jogadores um material confortável e bem desenhado que ajuda o jogador a chutar e controlar a bola de futebol. O peso também foi reduzido à medida que os grampos leves começaram a se tornar tendência.

A evolução levou às seguintes categorias que um jogador pode escolher para jogar futebol:

Solo macio e solo macio profissional:

Estes permitem que o jogador jogue em campos lamacentos e terrenos úmidos. Além disso, esses pinos vêm com capacidade de fixação, bem como destacáveis. O jogador pode prendê-los se sentir necessidade e pode retirar de acordo com o local em que a partida está acontecendo.

Os grampos macios profissionais são úteis em campos lamacentos e terrenos molhados onde é necessária a máxima tração. São as chuteiras tradicionais.

Grama Artificial/Solo Duro:

Construídas em um terreno duro e bronzeado ou em um novo gramado artificial, elas vêm com mais suporte de pinos e isso as torna melhores.

Interior

Estes são usados ​​para os jogos de salão de futebol de lazer.

Futsal

Estes são projetados para jogadores de jogo rápido e jogos de futebol de cinco de cada lado.

Surf artificial

Estes são projetados para jogar em superfícies duras. Eles vêm com a sola de borracha ou plástico na parte inferior.

Chuteiras de futebol feminino:

Construídas em moldes mais estreitos ou de encaixe, as chuteiras femininas são construídas levando em consideração as dimensões dos pés femininos. Eles são construídos para proporcionar o máximo conforto às mulheres e não para escolher chuteiras masculinas se estiverem jogando futebol.

[ad_2]

Source by Shalini Madhav

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.